Pioneer SX-626, parte 1: Etapas da restauração eletrônica.

Não queria ficar mostrando etapa por etapa do processo de restauração desse Receiver Pioneer. As pessoas que leriam meu blog ficariam perdidas e o fio da meada seria cortado. Aqui decidi colocar todas as evidências que juntamos nestes 90 dias.

Em inglês, as formas de recuperação são divididas em 3, com suas particularidades:

  • Repair: troca dos componentes somente pondo para funcionar;
  • Refurbishing: troca dos componentes tentando obedecer a originalidade com componentes originais;
  • Overhauling: troca dos componentes por outros mais modernos, não se importando muito com a originalidade.

André Quintal está no comando da operação, sendo meticuloso como gostaria que fosse. Até o momento fui atendido na maioria das vezes por profissionais que colocavam o aparelho para funcionar mas sempre tinham um “porque…” que eu acabava aceitando. Igual ao Tonhão (Antonio Carlos Marques), Quintal dá satisfação das etapas que se passam sobre sua bancada. Não é à toa uma recomendação profissional do Carlos Mergulhão.

Não discuti com ele preço. Acho muito chato esse negócio de negociar o preço da profissão dos outros. Se um dia me dissessem que ganho um salário alto demais, rebateria dizendo que tenho uma responsabilidade técnica sobre meus ombros. O custo de um profissional é menor do que de um incompetente.

O aparelho será mostrado em seu pleno funcionamento em breve. Farei um vídeo mais elaborado para que não seja perdida a grandiosidade do trabalho que foi realizado no aparelho, nem a beleza do equipamento de brilho antes apagado. Nada será deixado de lado; nem os arranhões.

Aqui fiz a inserção dos videos que ele mesmo postou no youtube e me deu autorização para divulgar; até porque foi o mesmo quem carregou os arquivos na rede social. Está organizado cronologicamente primeiro com os videos enviador por whataspp e depois aqueles que ele divulgava no youtube. O aparelho participou ao menos de uma LIVE que ele fez, mas talvez seja extenso demais e pouco útil divulgá-lo aqui.

Um lembrete: tudo que foi feito até agora resume-se à eletrônica e não há qualquer intervenção cosmética neste aparelho. Dependendo do trabalho, pode-se consumir 1 ano inteiro de suas horas vagas, de descanso e diversão com a família.

 

Para quem não tem paciência em esperar e quer tudo perfeito, nem comece.

A diferença entre os 2 capacitores é impressionante

Você ouve rádio FM ou AM? Se o cordão do dial arrebentar você vai ficar com uma vontade incontrolável de ouvir notícias.

Dá gosto de ver, não é?

 

Shopping hifi e hiend em Singapura [VIDEO]

Eu já havia postado minhas impressões sobre o Shopping Adelphi em Singapura no link https://v8andvintage.wordpress.com/2014/10/01/shopping-de-hi-fi-e-hi-end-em-singapura , mas não havia carregado o video que havia feito. Talvez por receio, lugar onde tudo é proibido dentro de uma democracia parlamentarista, o audio é baixo e câmera discreta.

O choque continua o mesmo. Continuo babando por aqui. A concentração de lojas com produtos incríveis é fora do comum. Os preço são equivalentes aos dos EUA, mas não tenho notícias de um shopping dedicado ao tema.

No Japão há prédios temáticos, com lojas de vinil em um andar, aparelhos em outros…mas nada tão grande como esse.

Meu projeto pessoal

A cabeça anda esquentando nesse final de empreitada. As incertezas são maiores que as certezas. Vejo vários ao meu redor com plano B e eu tenho de criar o meu.

Arrisquei comprar itens importados para esses projetos. Quero começar a trabalhar em personalização de carros, motos e som vintage, mas o investimento não pode ser volumoso nesse momento. Não posso ainda comprar um carro para servir como base de um projeto, nem moto, mas posso em aparelhos de som.

Iniciei a importação de pequenos componentes eletrônicos, base das minhas futuras personalizações. Os conectores são os primeiros pontos de conexão de entrada de som e, também são capazes de deteriorar a qualidade final tanto sonora quanto esteticamente. Já importei divisores de frequência e aguardando chegada em casa, tenho mentalizado o que vou fazer.

Aquela caixa bem construída e reconhecida no mercado, mas que pecou em acabamento.

post_0007post_0008post_0009

E o divisor vai fazer parte disso. Além de um novo acabamento externo, com esmero.

Mostrando a cara: dicas sobre som

Eu já havia postado este video que fiz no facebook e tive respostas positivas e 1 negativa. Fui taxado de “cagador de regra” onde, aqui, queria somente expôr a minha opinião e tentar guiar algumas pessoas no caminho da coleção numa trilha menos tortuosa.

Acredito que não vou agradar a todos, pois como já verbalizado, não vou insistir em uma coleção de equipamentos nacionais. Tem espaço para todos e todos os tipos de coleção.

E continuo achando que quem tem uma coluna de PM5000 ou PA1800x não tem coleção; tem acúmulo.

Quasar QA7070 e suas entranhas

“Ó duvida cruel: restaurar ou não restaurar?”

Ele anunciado do jeito que está não consigo atrair compradores. O preço está bom e mesmo para quem queira revender e obter lucro, ainda há uma margem para isso. A minha idéia agora é restaurar, utilizar e voltar com anúncio de venda com um preço mais alto, considerando tudo que será gasto no serviço.

Eu entendo quem não queira comprar um aparelho que não funciona pois o trabalho pode ser em vão. Sem começar a futucar, não é possível dizer se é recuperável ou não. Portanto, vou apostar na venda do aparelho em funcionamento.

Enquanto isso fico somente mostrando suas entranhas…

Meu cantinho do som

Eu tenho ficado mais confortável em mostrar alguns dos meus passos no dia-a-dia. Existem pessoas que querem obter “likes” para aumentar a popularidade, monetizar no youtube e, quem sabe, ganhar um programinha na TV.

Não tenho essa pretensão pois estou fora do contexto: barrigudo, com sotaque e ficando careca. Mas nem por isso fiquei recluso em meu canto. Só vou mudar de idéias quando perceber que as pessoas que estão assistindo não querem mais uma fonte de informação, mas um alvo para jogar seus dardos.

Mais uma vez fiz uma gravação aquém do que posso fazer. Poderia ter sido mais caprichoso, mais elaborado, ter vestido uma roupa melhor; mas não fiz. O tempo apertado e um objetivo traçado de inserir um post por semana me induziram a fazer algo mais corrido.

No entanto, é natural e sem disfarces. Prometo fazer melhor da próxima vez.