Trabalhando no cabeamento de caixa

Os cabos de caixa são absolutamente um dos elos mais importantes para comunicação entre a midia e o que você ouve. As falhas nesta comunicação (como o mal-contato) são altamente irritantes e a solução é costumeiramente suja e pesada.

Estes sonofletores são emprestados do meu sobrinho, originalmente com conectores para home-theater bem simples e frágeis. Para tocar no LAB-40, foi necessário extirpá-los para conectar com o cabo nú. Mas isso não é bom. Qualquer mudança de posição dos aparelhos produz a falha e essa intermitência vai se repetir no futuro. Mas como se livrar do problema?

Faça algo decente.

Eu queria fazer a montagem com conectores do tipo forquilha, mas aqui em Angra dos Reis não tem para venda; somente olhal. Acreditam nisso? Então vamos de olhal mesmo. O inconveniente é de que para desconectar a caixa é preciso remover totalmente o parafuso da saída traseira do amplificador. Alguns aparelhos não permitem a saída completa do parafuso porque possuem um amassamento na rosca que o impede de sair.

Vejam como fica uma bagunça a traseira do equipamento com tantos fios:

Aqui, os olhais para serem montados:

Espaguete termo-contrátil para manter o isolamento dos cabos em ordem:

Esta caixa não possui os conectores traseiros, sendo que o cabo sai diretamente do alto-falante desde lá de dentro. Não gosto desta configuração, mas para o preço, é assim que vai ser.

Pra minha sorte o amplificador toca desde 4 a 8 ohms.

Pronto! Assim ficará por muito tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s