Mostra de câmeras no SESC Palladium – Belo Horizonte

Eu sempre imagino que uma instituição que decida abrir o seu espaço para uma mostra, seja lá qual for o tema, deve ter um mínimo de organização e conhecimento do tema. Nem todos que trabalham numa instituição como o SESC tem de saber tudo sobre câmeras fotográficas, ballet, jazz, etc, mas deve ter a boa vontade de estudar para poder fazer uma apresentação digna do nome.

Não foi o caso do SESC Palladium na mostra “Câmeras Antigas da Coleção Pedro Mordente”.  Além de perdida no meio de um salão grande e espaçoso, as câmeras estavam dispostas como se fosse uma coleção de gemas ou pedras, totalmente inadequado. O display com tampo de vidro dá muito reflexo dificultando quem tem baixa estatura.

Outro fato que observei foi a pobreza da informação sobre a mostra. Um único banner para falar um pouco de quem foi Pedro Mordente e nenhuma história sobre as aquisições, muito menos das câmeras.

Alguns do exemplares eu conheço por fazer parte da nossa vida como a Olympus Trip e a Kodak Instamatic. Nunca tivemos nas mãos uma Polaroid, nem nunca conheci quem teve uma.

E este é o salão, com uma mostra interessante perdida no meio:

As mesas geram tanto reflexo, que alguns teriam enorme dificuldade de saber o que tem dentro. Mesmo assim consegui tirar fotos de algumas que se destacam:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s