Hot, street e antigos

A questão é antiga…

Alguns antigomobilistas acreditam que um hotrod ou streetrod é uma descaracterização de carros que poderiam ser recuperados com originalidade, sem comprometer as características mecânicas e estéticas do veículo. A recuperação integral do veículo é trabalhosa, cara e consome muito tempo de um lanterneiro, ou queiram, do dono do carro. A importação de componentes é item obrigatório, sendo alguns até difíceis nos EUA e Europa, salvo raras exceções (como a mercedes, que mantém os equipamentos de fabricação de todos os modelos e anos).

O argumento dos donos de um street ou hot é de que o veículo transformado já está em péssimo estado de conservação e foi recuperado “do nada”. As adaptações são realizadas, algumas engenhosas, outras de gosto duvidoso, mas que permitem o funcionamento e a exposição de sua obra. Alguns veículos transformados são oriundos de modelos pouco expressivos como itens de coleção ou nada acrescentaram com sua presença na história mundial do automóvel, quanto mais a brasileira. Normalmente estes foram ao fracasso devido ao seu design pouco atraente, fraco rendimento, soluções mecânicas nada eficientes, ou então somente ao marketing pouco expressivo (lembrem-se do Edsel, Anglia, Airflow, Corvair, alguns Studebakers…).

Se a regra é expor veículos antigos (limitando o ano de fabricação), os hots e streets poderiam participar dos eventos de antigos, pois alguns teriam a mesma idade. Se acham indevido sua presença junto aos antigos, reserva-se um local para eles e deixem participar da confraternização.

Não podemos esquecer que grande parte dos expositores tem receio de levar seu antigo para eventos, porque teme pela resistência, pelas condições do tempo quando a exposição for ao ar livre, ou até por acharem que os seus ainda não estão dignos de apresentação. Donos de streets e hot costumam a aparecer com o seu veículo incompleto, tanto pela ânsia de participar quanto por mostrar a evolução e seu trabalho e tornar-se conhecido. Em alguns eventos, os personalizados ou alterados comparecem em massa, podendo ter em igual número com os antigos.

Projetos devem ser expostos em painéis fotográficos, mostrando a evolução do serviço, e até a dificuldade de solução de alguns itens problemáticos em lataria ou mecânica. Levar o veículo ao encontro faltando peça, avançado estado de corrosão, desgaste acentuado do motor enfumaçando o ambiente (exceto os 2 tempos) ou enguiçando durante o evento podem expor o condutor ou o proprietário ao ridículo, desestimulando o público ou outros expositores.

O que distingue o street do original? A pergunta não calará enquanto uma entidade idônea não colocar no papel em acordo com as várias entidades, clubes e organizações os critérios de distinção dos veículos. Os eventos poderiam ter títulos e regras padronizadas, o que não tiraria o brilho de cada um nem a importância histórica. Normatizar evita distorções, discussões e conflitos de interesse, dando democraticamente a oportunidade de aparecer com sua beldade e até a concorrer a prêmios.

Portanto, a união de donos de street, hotrods e antigos deve acontecer porque todos tem um único objetivo: a perpetuação do automóvel antigo e clássico. Gostos e preferências não se discutem; deve ser incentivado o trabalho de recuperação do veículo para ser apresentado ao público e a sociedade.

Anúncios

Uma opinião sobre “Hot, street e antigos

  1. Eu diria que um Chevette 1980 (principalmente o hatch) com mecânica 250S e adaptações de suspensão, pneus e freios adequados ao novo motor é um hot. Se o carro estiver comprometido (defeitos ou adaptações bizarras que vejo muito) demais para uma boa restauração, mas em condições de rodar com segurança, eu faria a transformação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s